26 de junho de 2017

Dando um tempo nos libaneses, pegando o avião e indo direto pra NY, aterrissamos direto na coleção Resort 2018 da Marchesa.

A dupla Georgina Chapman e Keren Creig, mais uma vez traz vestidos maravilhosos que poderiam vestir qualquer uma das princesas Disney, qualquer estrela do Oscar, qualquer uma de nós, mortais.

#táteno
Aplicações florais, milhares de camadas de tules, rendas e babados pra romântica nenhuma botar defeito, cores fantásticas (alô, é do Líbano?), franjas, bordados e muito maravilhosidade, EU TO NO CHÃO.

A partir daqui, vocês já sabem né? Aquela conferência necessária dos melhores looks!

 

Provavelmente esse primeiro é meu preferido. Digo “provavelmente” porque escolher o mais lindo é uma decisão tão difícil quanto Carminha X Paola Bracho (#brinks, Paola é soberana). Esse segundo tem o combo do amor: decote ombro a ombro, laço, modelo sereia, cor tombante.

 

Barbie O encanto das Fadas versão 2018 passando pela sua timeline. É Fada Bela feelings? É. Tem flor pra 300 hectares de jardim? Sim. Queremos um de cada? AGORA. Fico imaginando quem vai de convidada em um casamento com esse vestido. Se eu sou a noiva, expulso à vassouradas.

 

Não sei se é cinza, azul, grafite ou uma mistura de tudo isso, só sei que eu amei. Quando eu acho que renda já deu no saco, aparecem essas coisas na minha frente e eu mudo de ideia rapidinho.

 

Não curto rosinha, nem muito tule e muito menos aplicações de flores no decote, mas AMEI o primeiro vestido. Fica aí mais um dos mistérios da humanidade. E PELOAMORDEDEUS, o que é esse segundo vestido?

 

Apesar do comprimento ingrato desse primeiro, amei a parte superior: cor, bordado e babado. E cá temos um pretinho singelo para agradar todo mundo. Achei bem maravilhoso também.

 

Cetim também não está entre meu TOP5 de tecidos preferidos, mas concordam que esse merecia estar aqui? Eu tô tendo um deja vú e a Rihanna já usou esse roxo? Se não usou, deveria! Se ela não quiser, eu uso!

 

Fotos: Vogue.com

Página 1 de 11