17 de agosto de 2015

Meu mural de inspirações lá no Pinterest têm sido preenchido em sua maioria com ideias de decoração. E meu último item desejo é um bar cart, o carrinho-bar. Na verdade, até tenho um espaço pra colocar uns bons drink no móvel gigante que tem na sala, mas olha esses carrinhos se não são a coisa mais fofa? Tem bandeja com pés, cromado, de acrílico, de vidro…

img2

Claro que essas inspirações acima vieram da gringa. O que eu queria mesmo era um desses dourado tipo o da segunda foto, mas não achei aqui no Brasil. :(

Anyway, montei aqui uma ideia de como completar seu carrinho alcóolico pra dar todo um toque Pinterestístico à sua sala. E com predominância da cor dourada, que tem sido a minha cor preferida nos detalhes na decoração. Criei essa ideia inspirada nos exemplos acima, pensando um pouco na minha realidade, com itens que considero úteis, indispensáveis e fofos. Quem sabe, pode servir pra você também.

bar01. O primeiro ingrediente da lista é – obviamente – o carrinho. Como falei, não achei um desses dourado por terras tupiniquins, mas fica aí o registro do meu desejo. (Pensando seriamente em fazer um DIY com spray dourado, fujam para as montanhas!) Por aqui, achei alguns bonitinhos aqui, aqui, aqui, aqui e aqui.

02. Taças: de vinho, água, champagne, cosmopolitan… afinal um bar sem taças não é um bar, né?

03. Guardanapos: se forem estampados, fica mais fofo ainda. Eles são meio caros, mas uma vez na vida pra dar um charme tá valendo.

04. A última modinha das festas: canudos de papel. Eu estou quase fazendo coleção, juro hahahaha. Coisa mais lindinha… coloca em um pote de vidro e já era. Tem pra vender on-line na Festeirice.

05. Mexedores de drinks. Além de serem bem úteis na hora que aflorar seu lado bar man/woman, são muito charmosos. Tem parecido aqui.

06. Pôsters com tema de bebida. Pra colocar na parede, atrás do carrinho. Dá pra fazer um DIY no Toscoposhop, aí só comprar a moldura.

07. Máquina de café? Oi? Incluí nessa lista porque temos uma Dolce Gusto na sala que não se adapta muito bem a lugar nenhum, pobre coitada. Não tem tomada perto do móvel grande, então ela fica desajeitada e solitária na mesa de jantar. Taí um bom lugar pra máquina de café! Porque apesar de não ser alcóolico, ô bebida viciante!

08. Vasinho de flores, porque flores transformam qualquer ambiente, né não? Esse da foto é DIY, de vidro simples com fitas douradas em volta, coisa mais fofa.

09. Bons drink! Quase não senti falta das bebidas com tanta coisa lindinha pra colocar nesse carrinho, haha! Até parece. Aí fica a gosto do freguês, mas whisky tem que ter! #bebum

10. Coqueteleira pra quando a inspiração bater e você quiser criar drinks mirabolantes. Acho que no meu caso ficaria mais de enfeite porque não tenho muita paciência pra fazer drink, só para bebê-los.

11. Porta-copos modernosos, afinal ninguém quer manchas na mesa. Esses com as cores das cervejas pantonezísticas são demais, quero pra ontem. Tem aqui.

12. Velas pra enfeitar. Beleza que essas da foto são meio natalinas, mas foram as únicas douradas que minha paciência permitiu encontrar no Google. E TEM QUE SER DOURADA.

13. Suqueira de vidro e alumínio, outra modjinhaaa das festa tudo. Só coloquei esse item aí porque eu já tenho uma igual a foto, hehe. E também porque é linda e agrega no camarote na decoração do carrinho. A minha paguei $40 (cabe 3l) e tem igual no Walmart.

3 de julho de 2015

– ALERTA DE POST COM MUITA FOTO –

Gente, não estou sabendo lidar com a coleção Resort 2016 do Zuhair Murad!

Há uns posts comentei que ele estava quase roubando o posto de “meu estilista preferido” do Elie Saab e depois desta coleção, prevejo um empate técnico.

Eu não sabia que gostava tanto de pink até hoje. Que cartela de cores maravilhosa! Que magnífico trabalho em bordado! Que indecisão entre curtos, longos e macaquinhos! Que infortúnio não poder comprar nenhuma peça!

Selecionei os modelos que mais amei e foi difícil demais porque a coleção toda é apaixonante. E ainda coloquei um coraçãozinho pink maroto ao lado daqueles que eu queria pra ontem <3

zm2

zm3

zm4

zm5

zm6

zm7

zm8

zm9

zm10

zm1

É ou não pra morrer de amores?

31 de maio de 2015

ACORDAAAA MENINA.
Hoje vou inaugurar aqui no blog, uma catiguria que há muito enrolo para criar: Cozinhando e engordando.

Provavelmente estas receitas serão um modo de turbinar aqueles posts do Buzzfeed de expectativa x realidade, obviamente na parte da realidade. Se eu gosto de cozinhar? Não muito. Mas gosto de comer, principalmente doces e por isso vi aí uma brecha para explorar este talento culinário que o mundo ainda não descobriu.

Sem mais delongas, a primeira receita é o famoso muffin de canela com recheio de chocolate meio amargo que há anos alegra o café da tarde aqui de casa e provoca uma fila no banheiro. Ironicamente, quem me ensinou esta receita foi a própria diva Namaria em um programa muito antigo. Assisti, anotei, fiz, gostei, repeti durante 10 anos e compartilho agora com vocês. Pega o papel e caneta e vem comigo!

img1

– 2 xícaras de farinha de trigo
– 50 g de manteiga derretida (dá umas 2 col. de sopa e eu derreto no micro mesmo)
– 200 g de chocolate meio amargo (1 barra mais ou menos)
– 1 pote de iogurte natural (sem açúcar)
– 1 ovo ligeiramente batido
– 1 xícara de açúcar (porque ser fitnesse sempre cansa, né gente)
– 3 col. (chá) de canela (se você não gosta de canela, passa mais tarde)
– 2 col (chá) de fermento

1 – Primeira coisa é misturar todos ingredientes secos (farinha, açúcar, canela e fermento) em uma tigela. Reservar.
2 – Depois todos os líquidos (ovo, manteiga, iogurte) em outra tigela.
3 – Junte os secos e molhados e saia cantando Sangue Latino.  Não, claro que não.
4 – Misturando tudo, deve ficar algo parecido com essa belezinha da foto.

Até aqui muito difícil hein?

img3

5 – Eu usei forminhas de cupcakes para assar, mas você pode usar uma forma de bolo normal (pequena) untada com manteiga e farinha que dá no mesmo.
6 – Coloque uma parte da massa, pegue quadradinhos de chocolate meio amargo e posicione no centro.
7 – Cubra com o restante da massa. Não tem problema se não cobrir tudo ou ficar feio (olha o meu que desgraça) porque como tem fermento, o treco vai crescer e ficar bão.
8 – Asse em forno a 200°C por uns 20 minutos. Para saber se está bom, espete um palito e veja se sai seco e o chocolate já derreteu. A massa fica douradinha por cima.

img4

O ideal é comer logo que sai do forno porque o chocolate fica derretido, quentinho, uma delícia. Quando esfria, o chocolate endurece, mas aí é só colocar uns segundinhos no microondas e fica bom de novo. Ah, se for fazer em forma de cupcake, recomendo usar de silicone, porque gruda demais no papel. Como vocês podem ver na foto, não fica a coisa mais linda do mundo, mas é bom, eu garanto. Pra acompanhar um cafezinho… SÉLOKO.

Página 11 de 18« Primeira...10...1112...Última »